Canudos de plástico são prejudiciais ao meio ambiente e à vida marinha

Que mal tem em usar um inocente canudinho? Pois saiba que os canudos de plástico são feitos de polipropileno e/ou poliestireno, materiais que não são biodegradáveis, ou seja, não se decompõe rapidamente e, assim, prejudicam o meio ambiente. Cada canudo de plástico leva até 400 anos para se decompor no meio ambiente.

Canudos de plástico são prejudiciais à vida marinha
Canudos de plástico são prejudiciais à vida marinha

O plástico dos canudos traz graves conseqüências para a vida marinha. De acordo com o Greenpeace, ao todo 8 milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos anualmente. Isso provoca a morte de 1 milhão de aves marinhas e de 100 mil animais todo ano. Os canudos são pequenos, leves e uma vez nos oceanos são ingeridos e ficam alojados nos estômagos de aves marinhas, peixes e mamíferos de grande porte. Sem contar que, muitas vezes, esses canudos plásticos ficam presos nas narinas das tartarugas, causando grande sofrimento a esses animais.  E o problema não é evitado apenas jogando o canudinho no lixo após o uso. Mesmo descartando corretamente e levando a aterros legalizados, por ser leve, o canudo de plástico pode ser levado pelo vento e ser carregado pela chuva para mares e rios.

É necessário usar canudos de plástico?

O uso de canudos plásticos é mais cultural do que necessário. É só observar que em casa a maioria das pessoas não utiliza canudos. Então o que faz com que seja preciso utilizá-los quando se faz uma refeição fora do lar? Nessas situações em que não é preciso, as pessoas podem matar a sede utilizando apenas copos.

Para os casos em que o uso de canudos se faz necessário, como o uso em hospitais, ou em casa durante a recuperação de algum problema de saúde, existem canudos de materiais alternativos, que não degradam o meio ambiente:

  • Canudo de Bambu,
  • Canudo de Palha,
  • Canudo de Vidro,
  • Canudo Metálico.

Devemos fazer a nossa parte e ter atitudes sustentáveis. Preocupado com o meio ambiente, o deputado federal Victor Mendes (MDB-MA), criou o Projeto de Lei 10345/2018, que estabelece a diminuição gradativa da fabricação, do fornecimento, e da distribuição, seja gratuita, seja paga, de canudos plásticos em todo o Brasil.

Victor Mendes explica que banir o uso dos canudos de plástico é um importante passo para diminuir a poluição dos mares e promover a proteção de todo o ecossistema marinho. “A poluição de rios e mares é algo continuo. Esse projeto de lei somente trará benefícios ao meio ambiente. Está mais do que na hora de o Brasil acordar para esse grave problema ambiental, que é um problema mundial, e fazer a sua parte, dando exemplo a outras nações”, afirma o deputado maranhense.

Países que baniram ou reduziram consideravelmente o uso de canudinhos de plástico:

  • Índia,
  • Bélgica,
  • Costa Rica,
  • França,
  • Indonésia,
  • Noruega,
  • Panamá,
  • Santa Lúcia,
  • Serra Leoa,
  • Uruguai,
  • Taiwan.

Cadastre-se

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu